Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012


Homem atira em entregador por achar pizza 'pequena demais'

Homem atira em entregador por achar pizza 'pequena demais'
Um homem atirou contra um entregador por considerar que a pizza pedida por ele era “pequena demais”. O episódio aconteceu no estado americano de Mineápolis. Segundo site de notícias local City Pages, o entregador relatou à polícia que levou o pedido para a porta de Demetrius Patterson, de 26 anos, que não quis receber a pizza. O cliente saiu de casa e disparou contra o funcionário quando ele voltava para seu carro. O entregador não foi atingido por nenhum dos disparos. A polícia localizou Demetrius no apartamento de sua namorada e o levou à cadeia do condado de Hennepin, onde o atirador aguardará julgamento pelas acusações de agressão e ataque com arma de fogo.
Ashton Kutcher quer demissão de Angus T. Jones de 'Two and a Half Men', diz site
O polêmico vídeo do ator Angus T. Jones, que interpreta há nove anos o jovem Jake Harper, filho do personagem Alan (Jon Cryer) em "Two and a Half Men", tem sido motivo de discórdia entre os atores e a produção. Segundo informou o site “Showbiz Spy”, nesta quarta (26), Ashton Kutcher não gostou nada das declarações feitas pelo colega de elenco e, por isso, não quer mais o colega na série. Saiba mais na Coluna Entretenimento.

   
Líder do governo na Câmara Federal, o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) afirmou que a decisão de adiar a votação do Orçamento para 5 de fevereiro evitou a judicialização do impasse. “Judicializar o Orçamento é tudo que o país não precisa. Com a convicção de que o Brasil não pode brincar com a economia, analisamos quais seriam as variáveis viáveis. Todos os caminhos eram tortuosos”, declarou o petista. De acordo com Chinaglia, “havia total divergência” entre representantes da base e o Palácio do Planalto em relação à proposta de votar o Orçamento ainda este ano na Comissão Representativa do Congresso. O colegiado é formado por um grupo de parlamentares que ficam “de plantão” durante o recesso legislativo para eventual apreciação de matérias urgentes. Informações do G1.

   
Cereser é multada por comercializar bebida parecida com espumante para crianças
A Cereser do Brasil foi multada em R$ 1,1 milhão por comercializar a bebida Spunch para crianças. Para o Procon do Paraná e o Ministério Público, a bebida induz a criança a consumir álcool, pois a embalagem tem forma de garrafa de espumante, com direito a rolha. Saiba mais sobre a multa aplicada contra a empresa na coluna Justiça.

   
Segurança receberá R$ 600 milhões, diz Zé Neto, que evita comentar declarações de Alice Portugal
Foto: Tiago Melo / Bahia Notícias
Mais da metade dos R$ 1,1 bilhão do empréstimo que o governo da Bahia vai contrair junto ao Banco do Brasil irão para a área de Segurança Pública. Quem afirma é o líder do governo na Casa, deputado Zé Neto (PT). Segundo ele R$ 600 milhões vão ser investidos em “armamentos, viaturas, comunicação – que é um dos aspectos que precisa melhorar na área”, entre outros, garante o petista. O montante do empréstimo aprovado nesta quarta-feira (26) pela Assembleia Legislativa é quase o mesmo do valor do contingenciamento de gastos anunciado no início deste ano pelo governador Jaques Wagner. A intenção do governo baiano era cortar cerca R$ 1,2 bilhão dos R$ 29,4 bilhões de gastos estimados para 2012 na Lei Orçamentária Anual (LOA). Questionado se os cortes foram efetivamente feitos nos gastos do governo, Zé Neto disse que esse balanço só poderá ser feito a partir de janeiro. “Mas com certeza melhoramos a eficiência do estado”, declarou ao Bahia Notícias. O parlamentar não quis comentar as declarações da deputada federal Alice Portugal (PCdoB) sobre a necessidade de o governador rever estratégias para que o bloco governista possa enfrentar a “agressividade” dos carlistas na disputa pela sucessão estadual em 2014. “Prefiro não polemizar. Encerramos um ano difícil e temos muito o que aprender. Foi um ano muito importante para a consolidação do projeto do governo. Essas são declarações são coisas menores” , disse Zé Neto ao BN.

   
Quinta, 27 de Dezembro de 2012 - 11:40

Senado uruguaio adia votação sobre casamento gay

O Senado do Uruguai adiou para abril de 2013 a votação do projeto de lei que legaliza o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Promotora da iniciativa, a governista Frente Ampla aceitou o pedido da oposição para postergar a apreciação da matéria, em sessão extraordinária convocada em meio ao recesso parlamentar para avaliar uma dezena de projetos de lei. O texto passou pela Câmara no último dia 12 de dezembro com o apoio de todos os deputados da FA, além de grande parte da oposição, e defende que “o matrimônio é a união permanente entre duas pessoas de igual ou distinto sexo”. Nos últimos seis anos, o país legalizou a união civil de homossexuais e a adoção de crianças por casais do mesmo sexo. Também foi autorizada a troca de nome e sexo, além da entrada de homossexuais nas Forças Armadas. Informações da Veja.

   
Apesar de panes e apagões durante o ano, Dilma acha ‘ridículo’ falar em racionamento de energia
Foto: Agência Brasil
Os problemas vividos pelo setor elétrico brasileiro, como panes e apagões, podem ser superados segundo a presidente Dilma Rousseff, que faz prognósticos positivos para 2013 e desdenha uma eventual mudança de planos. “Acho ridículo dizer que o Brasil corre risco de racionamento de energia”, disse em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto. Outro problema a ser encarado pelo governo é a redução na conta de luz no ano que vem, já que envolve uma batalha com algumas concessionárias de energia. As ações das empresas do setor caíram até 40% na bolsa. “2013 será um ano muito bom, investir em infraestrutura tem que virar agora uma obsessão”, completou Dilma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot