Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

sexta-feira, 8 de março de 2019

Acusado de ameaçar e agredir funcionário do Boteco do Caranguejo, major da PM se defende

Acusado de ameaçar e agredir funcionário do Boteco do Caranguejo, major da PM se defende
Foto: Reprodução / TripAdvisor
Após o gerente do Boteco do Caranguejo de Patamares, Carlos Magno da Silva, acusar policiais militares de invadir o estabelecimento, agredir funcionários e ameaçar os clientes após serem impedidos de utilizar o banheiro (relembre aqui), o major Marcos Davi, em nota enviada ao Bahia Notícias, disse que é “frequentador assíduo da barraca há mais de 20 anos, sem qualquer espécie de problema, não estava armado, como de costume na praia, e não agrediu ou xingou quem quer que seja”.

“Alerta ainda ser oficial da PM há 26 anos, sem responder processo disciplinar algum, e que a prova cabal do equívoco da matéria, evidentemente que induzida a erro pelo acusador, é a ausência no local de pelo menos dois outros militares citados. Por fim, na defesa da sua honra e reputação de militar, representará ao MP por falsa comunicação de crime ou denunciação caluniosa, já que se tornou objeto de apuração na corregedoria indevidamente, assim como indenização pelos danos morais causados”, diz um trecho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot