Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Conselho de Ética da Câmara avalia punição mais branda para deputado preso


Conselho de Ética da Câmara avalia punição mais branda para deputado preso
Foto: Pablo Valadares/ Câmara dos Deputados

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) pode sofrer uma punição mais branda do que a cassação no Conselho de Ética da Câmara. Integrantes do colegiado estudam uma sanção mais leve ou até mesmo livrar o parlamentar de qualquer censura após os ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e apologia à ditadura militar,

 

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, dos 21 titulares do Conselho consultados pela reportagem, apenas três defenderam abertamente a punição a Silveira. A maioria não quis antecipar como vai votar. Silveira completa nesta quarta-feira (24,) nove dias de prisão, determinada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes e confirmada pelos plenários da Corte e da Câmara. 

 

A oposição, por sua vez, busca convencer colegas de que a conduta de Silveira foi grave e merece punições firmes. Há, ainda, quem defenda salvar Silveira de qualquer punição, com a justificativa de que a prisão já foi um revés duro. “Você não pode punir duas vezes a pessoa pelo mesmo erro. Se ele for punido novamente, com a cassação do mandato, na minha visão ele está sendo penalizado duas vezes”, disse o líder do Podemos, Igor Timo (MG). Já o caso da deputada Flordelis (PSD-RJ), que também está no Conselho de Ética, é considerado na Câmara como “favas contadas” a favor da cassação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot