Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, 29 de março de 2021

Sistema de saúde da capital aponta para 'controle' após pressão da 2ª onda, diz Prates

por Mari Leal

Sistema de saúde da capital aponta para 'controle' após pressão da 2ª onda, diz Prates
Foto: Arquivo Bahia Notícias

A pressão da segunda onda da Covid-19 sobre o sistema de saúde de Salvador começa a ceder após a adoção de medidas restritivas, as quais serão intensificadas a partir desta segunda-feira (29), visando estabelecer um cenário propício ao retorno de algumas atividades já na próxima semana. 

 

Em entrevista ao Bahia Notícias, o secretário municipal da Saúde, Léo Prates, aponta a redução expressiva na quantidade de pessoas aguardando na fila da regulação para os leitos exclusivos ao atendimento da Covid-19, redução na taxa de retransmissão e a estimativa de redução da ocupação de leitos de UTI para a marca de 80%. Segundo ele, em função do aumento no número de leitos, se comparado com a primeira onda da doença, a taxa garante menos pressão sobre o sistema.

 

“Nós já temos o valor RT abaixo de 1, que é um cenário de controle. Epidemiologicamente, quer dizer que a doença voltou ao status de controle. Nós desaceleramos a curva e temos um sistema de saúde, hoje, que não é mais folgado do que já tivemos, mas com relativa folga. Acreditamos que na próxima semana a gente vai poder, sim, começar a flexibilizar”, afirma.

 

O secretário condena ainda a proposta de igualar as faixas etárias de vacinação no Brasil, discutida na última semana com a cúpula do Ministério da Saúde e comenta o processo de busca ativa pelas pessoas que abandonaram a segunda dose de imunização em Salvador. Confira a entrevista completa aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot