Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

quarta-feira, 21 de julho de 2021

Mesmo com PSD mirando Pacheco, Otto afirma que partido na Bahia seguirá com Lula em 2022

 Quarta, 21 de Julho de 2021

por Mauricio Leiro

Mesmo com PSD mirando Pacheco, Otto afirma que partido na Bahia seguirá com Lula em 2022
Foto: Reprodução / Gov.br

A aproximação do PSD com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), para uma candidatura à presidência da República não deve afetar o apoio da legenda na Bahia. O senador e presidente estadual do partido na Bahia, Otto Alencar (PSD), confirmou ao Bahia Notícias que mesmo que exista uma candidatura de Pacheco, a legenda irá "caminhar na aliança" e, caso Luiz Inácio Lula da Silva seja candidato, o apoio irá ao petista.

 

"Eu estive com o presidente Lula há uns 3 meses, fui num dia, Kassab foi no outro. Eu falei para ele que ele achava que poderia surgir uma via. Ele [Lula] brincou, 'diga a Kassab que se trouxer uma terceira via que tem mais votos que eu, eu voto nele'. Agora temos várias projeções. Todos falam de política, leva a várias interpretações. Na Bahia vamos caminhar dentro do grupo, a tendência forte no estado. Lideranças do Wagner, minha, do PSD. Agora temos muitas conjecturas e expectativas. Às vezes muda na lógica. O meu sentimento é de unidade", comentou ao BN.

 

Otto pontuou que, mesmo dentro do PSD existe discordância, mas que não altera o projeto partidário. "O PSD nasceu na Bahia. Ele se assustou que logo de saída eu filiei 20 parlamentares. Quando converso com ele, digo que o partido foi criado e estreou na Bahia. Kassab entende que surja uma terceira via [Pacheco], pelas qualidades, formação, presidente do Senado. O Kassab tem uma postura. Ainda tem o Eduardo Leite e o Ciro [Gomes]. A grande questão é que o presidente pare com essa criação de factoides sobre eleição. Agora com novo medicamento. Isso é lamentável. Não para de dizer coisas que não garante depois", acrescentou.

 

O senador segue com a autonomia para as decisões do partido na Bahia. O presidente nacional do PSD, o ex-ministro Gilberto Kassab, revelou que, na Bahia, ele não oferece conselhos e sim, é aconselhado. Kassab comentou que nos assuntos do estado, suas manifestações, "são balizadas no aconselhamento de Otto"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot