Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

terça-feira, 28 de outubro de 2014

PSB recebeu 'com surpresa' denúncia sobre Eduardo Campos feita por ex-diretor da Petrobras

PSB recebeu 'com surpresa' denúncia sobre Eduardo Campos feita por ex-diretor da Petrobras
Foto: Divulgação
O presidente do PSB, Carlos Siqueira, afirmou nesta terça-feira (28) que o partido recebeu “com surpresa” a denúncia feita pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, de que o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, recebeu R$ 20 milhões desviados da estatal para sua campanha de reeleição, em 2010. A declaração foi feita ao Broadcast Ao Vivo, do grupo Estado. “Nós recebemos isso com surpresa, porque não acreditamos que isso tenha acontecido. Achamos que por isso mesmo não temos nenhum medo de investigações, que devem prosseguir”, disse ele, que acrescentou que os socialistas não estão “absolutamente convencidos de esse fato tenha ocorrido” e que a apuração deve ser feita com rigor. Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, em um trecho do depoimento de Costa à Polícia Federal em delação premiada, ele diz que intermediou o pagamento dos R$ 20 milhões de caixa 2 para sua campanha. De acordo com Siqueira, nenhuma campanha de Campos custou R$ 20 milhões e que a de 2010 custou cerca de R$ 13,8 milhões, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral. “Eu conheci Eduardo muito de perto – fui secretário do avô dele [Miguel Arraes] e do partido dele quando o avô dele foi presidente – e sei como as campanhas do Pernambuco foram feitas. As campanhas do Pernambuco nunca tiveram muito dinheiro”, ressaltou.


   
Após atingir maior valor em nove anos, dólar fecha em queda
Foto: Arquivo/Agência Brasil
Um dia depois de atingir o maior valor desde maio de 2005, o dólar reverteu a tendência e fechou em baixa. O dólar comercial encerrou esta terça-feira (28) vendido a R$ 2,474, com queda de 1,94% em relação à segunda (27), quando tinha fechado em R$ 2,523. A moeda norte-americana operou em baixa durante todo o dia. Por volta das 14h, a cotação chegou a se aproximar de R$ 2,49, mas voltou a cair nas últimas horas da sessão. Além das tensões associadas à corrida eleitoral, fatores externos têm pressionado o câmbio nas últimas semanas. Em setembro, o Banco Central dos Estados Unidos reduziu mais um pouco os estímulos à economia do país, o que valorizou a moeda norte-americana e fez com que o dólar iniciasse uma escalada. O Ibovespa, índice da Bolsa de Valores de São Paulo, que tinha caído 2,77% nesta segunda, fechou a terça com alta de 3,62%. A recuperação, no entanto, não foi puxada pelas ações da Petrobras, que caíram 11,53% na véspera e só subiram 3,13%. Informações da Agência Brasil.

   
Terça, 28 de Outubro de 2014 - 20:00

Fifa diz estar atenta ao Ebola para Mundial de Clubes

por Estadão Conteúdo
Fifa diz estar atenta ao Ebola para Mundial de Clubes
Foto: Reprodução
A epidemia do vírus Ebola tem assustado o mundo todo e fez com que a Fifa se pronunciasse nesta terça-feira (28) sobre o assunto. Com o Mundial de Clubes marcado para dezembro no Marrocos, na África, continente mais contaminado pela doença, a entidade garantiu estar atenta para o problema e que, pelo menos momentaneamente, não há ameaça à realização do torneio. "No que diz respeito ao Mundial de Clubes, que acontecerá no Marrocos, a saúde de jogadores, árbitros e torcedores segue como maior prioridade, como em qualquer competição da Fifa. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), não há no momento nenhum caso de Ebola reportado em Marrocos, então a preparação continua como planejado", apontou a nota divulgada pela entidade. Apesar disso, a própria Fifa admitiu a necessidade de avaliação contínua do país, uma vez que o vírus continua a se disseminar, principalmente na África. "A Fifa está monitorando a situação e está em contato com autoridades marroquinas e constantemente atualizando sua posição de acordo com as coordenadas da OMS. Se a situação mudar, estaremos em contato com os clubes participantes." De fato, Marrocos ainda não reportou casos da doença, que já matou quase cinco mil pessoas no ocidente da África, quase todas elas nos três países mais afetados pelo vírus: Libéria, Guiné e Serra Leoa. Até pelo medo de que o Ebola entre em seu território, autoridades marroquinas pediram o adiamento da Copa Africana de Nações de 2015, marcada para acontecer no país em janeiro. Se o pedido for negado, o governo local deve desistir de sediar o torneio. O Mundial de Clubes deste ano está marcado para acontecer entre os dias 10 e 20 de dezembro e conta com a participação de clubes como Real Madrid, campeão europeu, San Lorenzo, vencedor da Libertadores, e Cruz Azul, que faturou o título da Concacaf.

   
Michel Temer diz que reforma política terá amplo debate com o Congresso e a sociedade
Foto: Agência Brasil
O vice-presidente da República, Michel Temer, se reuniu, nesta terça-feira (28), com a presidenta Dilma Rousseff para conversar sobre a realização do plebiscito sobre a reforma política, proposta anunciada como prioritária pela presidenta em seu discurso após a reeleição, na noite de domingo (26). “Ela está em busca da união nacional em todos os setores brasileiros, vamos trocando ideias sobre isso. O objetivo é exatamente esse: passado o calor e a paixão eleitoral, fazer uma unidade em todo o país. Isso significa diálogo, como ela tem repetidamente dito, com todos os setores”, disse Temer na saída do Palácio da Alvorada. Ele acrescentou que pretende “colaborar muito” com a proposta. Em relação à posição do presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), que defende um referendo e não o plebiscito, Temer disse que o assunto será debatido em um grande diálogo. “É preciso dialogar sobre isso com o Congresso, com a sociedade. Estamos no começo de tudo, aliás, nem no começo do novo mandato, apenas vencemos. Haverá, como disse a presidente, um grande diálogo no Congresso Nacional sobre esse tema e temos que caminhar juntos nisso: o Congresso, o Executivo e a sociedade brasileira”, ponderou. Temer disse que ainda não conversou com Dilma sobre a indicação de nomes para a formação do novo governo. Perguntado sobre a participação do PMDB no primeiro escalão, Temer respondeu que o espaço do partido “será compatível com o tamanho do PMDB”. Informações da Agência Brasil.

   
Chikungunya: Feira de Santana já registrou 1.161 casos suspeitos
Foto: Reprodução
Em boletim divulgado pela prefeitura de Feira de Santana sobre os casos de febre chikungunya, registrou-se o número de 1.161 casos de indivíduos com suspeita de estar com a doença entre março e outubro deste ano. Dentre estes, 371 casos foram confirmados, 56 casos descartados e 734 continuam em investigação. As pessoas notificadas foram ao hospital com os sintomas de febre, dores de cabeça, e foram registrados também alguns casos de edema. A prefeitura também declarou que a faixa etária que mais concentra casos de suspeita é a de 35 a 49 anos, com 353 casos suspeitos. A faixa etária de 20 a 34 anos registrou 297 pessoas, enquanto que na faixa de 50 a 64 anos foram 194. Os números também revelaram que há mais casos entre mulheres, marcando 65,15% dos casos, em detrimento dos homens, que notificou 33,85% dos casos. Até a última segunda-feira (27) foram diagnosticados 371 casos de chikungunya. A prefeitura de Feira de Santana tem tomado medidas para combater e prevenir a doença, como a divulgação de um boletim semanal sobre a doença, o acompanhamento e monitoramento dos casos suspeitos e confirmados, a capacitação de profissionais de saúde, a realização de Ações de Educação em Saúde na Comunidade, recolhimento de pneus para evitar a proliferação do vírus transmissor da doença, entre outras ações.

   
Terça, 28 de Outubro de 2014 - 19:00

Caldeira de vapor explode no Restaurante Popular de Itabuna

Caldeira de vapor explode no Restaurante Popular de Itabuna
Foto: Gabriel Oliveira/Secom Itabuna
Uma das caldeiras de vapor do Restaurante Popular de Itabuna explodiu por volta das 9h30 desta terça-feira (28), durante a preparação do almoço. No equipamento eram cozidos 40 quilos de arroz. A assessoria de comunicação do município informou que cerca de 20 funcionários trabalhavam no estabelecimento quando ocorreu o acidente, mas nenhum deles estava na cozinha no momento da explosão.

Foto: Reprodução/G1
Alguns dos empregados, no entanto, passaram mal ao se assustar com o barulho da explosão e foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A equipe foi liberada e o restaurante foi interditado para que a Defesa Civil realizasse a perícia.

   
Quebradeira baiana: O pagode está mais alegre; Pagodart volta com Flavinho e lança novo CD
Foto: Divulgação
Nesta terça-feira (28), o pagode baiano ganha ‘oficialmente’ mais uma força de peso. É a banda Pagodart, que está retomando as suas atividades, juntamente com o retorno do cantor Flavinho após cinco anos de separação. O grupo lançou hoje seu novo disco. Para ouvir, clique aqui e acesse a coluna Quebradeira baiana.

   
Jarbas Vasconcelos afirma temer que PT cerceie liberdade de imprensa no futuro
Foto: Geraldo Magela / Agência Senado
O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) alertou nesta terça-feira (28) que o Senado precisa tomar providências para garantir pela liberdade de imprensa no país. Para isso, ele pediu à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) que cobre dos futuros ministros do Supremo Tribunal Federal compromisso com a imprensa livre. O senador disse considerar isso necessário por temer que o Partido dos Trabalhadores adote alguma medida para cercear a atuação da imprensa. A preocupação se deve, especialmente, ao ataque à redação da revista Veja na semana passada por causa de reportagem afirmando que os presidentes Dilma e Lula sabiam da corrupção na Petrobras. Ele explicou que, até 2018, a presidente Dilma Rousseff escolherá mais cinco ministros do Supremo Tribunal Federal, que conta com 11 ministros. E isso fará com que, ao longo de 16 anos, um total de 18 membros da Suprema Corte tenham sido indicados pelos governos do PT: oito por Luiz Inácio Lula da Silva e 10 por Dilma. “É inadmissível que este Senado da República aprove novos ministros do Supremo Tribunal Federal que venham a colaborar com o cerceamento da liberdade de imprensa. Essa questão precisa ser tratada com absoluta transparência e objetividade. É essencial que se faça essa cobrança na tradicional sabatina na CCJ. Os conflitos entre imprensa e os governantes de plantão fazem parte da democracia”, afirmou Jarbas. O senador disse que isso pode favorecer, no futuro, a aceitação, pelo Supremo, de qualquer ação do governo contra a liberdade de imprensa, como ocorreu na Venezuela, Equador e Argentina. Nesses países, segundo o senador, leis que permitem esse controle da mídia foram consideradas constitucionais pelas supremas cortes locais. Jarbas não quer que o mesmo ocorra no Brasil. Informações da Agência Senado.

   
Ministro do STF diz que decisão sobre Pizzolato é vergonha para o Brasil
Foto: Reprodução
O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta terça-feira, 28, que a decisão da Justiça italiana de rejeitar a extradição de Henrique Pizzolato é “uma vergonha” para os brasileiros. Na decisão da Corte de Apelação de Bolonha, os juízes entenderam que os presídios nacionais não têm condições de garantir a integridade do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil. Segundo a Agência Brasil, o ministro, o entendimento da corte italiana sobre a dignidade do preso no Brasil “é procedente”. “O motivo foi não termos penitenciárias que preservem a integridade física e moral do preso. Ele exerceu o direito natural de não se submeter às condições animalescas das nossas penitenciárias.”, disse o ministro. Pizzolato foi condenado a 12 anos e sete meses de prisão na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Ele fugiu para Itália em setembro do ano passado, antes do fim do julgamento, e foi preso em fevereiro em Maranello (Itália). Em junho, a corte iniciou o julgamento, mas suspendeu a sessão para solicitar esclarecimentos do governo brasileiro sobre as condições dos presídios nacionais. Em resposta ao governo italiano, a Procuradoria-geral da República e o Supremo informaram que teriam condições de garantir a integridade de Pizzolato. Ele deveria ficar preso no Presídio da Papuda, no Distrito Federal, caso fosse extraditado.

Rui adia apresentação de comitê responsável pela transição de governos

por Fernando Duarte
Rui adia apresentação de comitê responsável pela transição de governos
Foto: Reprodução
O governador eleito Rui Costa (PT) adiou pra esta quarta-feira (29) a apresentação dos nomes que devem compor o comitê responsável pela transição da atual administração, comandada por Jaques Wagner (PT), e a próxima. De acordo com a assessoria do petista, a agenda de Wagner acabou dificultando o espaço na agenda para que os nomes fossem apresentados, previsto para esta terça (28), e somente nesta quarta, às 13h30, foi possível conciliar as atividades do atual gestor com a próxima administração. A apresentação acontece na governadoria. 

   

Terça, 28 de Outubro de 2014 - 17:40

STF autoriza José Dirceu a cumprir prisão domiciliar

por Beatriz Bulla | Estadão Conteúdo
STF autoriza José Dirceu a cumprir prisão domiciliar
Foto: Max Haack/Ag. Haack/Bahia Notícias
O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta terça-feira (28) que o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado no processo do mensalão, passe a cumprir em casa a pena a ele imposta. Condenado a 7 anos e 11 meses de prisão, Dirceu cumpre a pena desde 15 de novembro do ano passado no regime semiaberto, em que tem permissão para sair durante o dia para trabalhar em um escritório de advocacia e retornar à noite para a prisão. Com a progressão de regime, autorizada hoje por Barroso, ele terá direito a cumprir a pena no regime aberto. Pela legislação penal, condenados ao regime aberto devem cumprir pena em casa do albergado. Como esse tipo de estabelecimento não existe em Brasília, os presos são autorizados a cumprir o restante da pena em casa. Antes de sair da prisão, o ex-ministro deverá participar de audiência na Vara de Execuções de Penas e Medidas Alternativas (Vepema), em Brasília, onde irá receber instruções sobre o regime aberto. As audiências ocorrem às terças-feiras e, portanto, Dirceu deve ser liberado para ir para casa no próximo dia 4. "Defiro a progressão para o regime aberto ao condenado José Dirceu de Oliveira e Silva, condicionada à observância das condições a serem impostas pelo Juízo competente para a execução, considerado o procedimento geral utilizado para os demais condenados que cumprem pena no Distrito Federal", decidiu o ministro. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, opinou em parecer a favor do cumprimento de pena de Dirceu em casa. Por ter trabalhado durante o regime semiaberto, Dirceu conseguiu o desconto de dias do total exigido para ter direito à progressão de regime. Além disso, Janot apontou a existência do elemento subjetivo para a concessão do benefício: o bom comportamento. "Não há óbice à progressão de regime almejada", concluiu Janot. Barroso confirmou nesta tarde as observações de Janot, apontando que desde o dia 20 deste mês Dirceu tem direito à progressão de regime e apontou ainda que "há nos autos o atestado de bom comportamento carcerário e inexistem anotações de prática de infração disciplinar de natureza grave pelo condenado". Na Vepema, Dirceu receberá as instruções sobre o regime aberto. A Justiça estabelece, por exemplo, a necessidade de permanecer em casa das 21 horas às 5 horas, a proibição de frequentar bares e realizar encontros com outros condenados que estejam cumprindo pena, entre outros requisitos. Já estão em regime aberto o ex-deputado José Genoino (PT), o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e o ex-tesoureiro do PL Jacinto Lamas, também condenados no processo do mensalão.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot