Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

quarta-feira, 20 de maio de 2020

Ibirataia: DENUNCIA contra a Prefeita Ana Cleia Leal mostra a ‘FARRA DAS PANELAS’


Por JJSantos

DENUNCIA CONTA Prefeita de Ibirataia Ana Cleia dos Santos Leal
 


Na manhã desta quarta-feira (20), a Câmara municipal de Ibirataia recebeu uma denúncia apelidada de “A FARRA DAS PANELAS”.
Segundo a denúncia, a Prefeitura alegando como objetivo atender as demandas das unidades escolares da rede pública, contratou empresa para aquisição de materiais permanentes diversos.
Após publicação nas redes sociais do extrato de uma nota fiscal, um Cidadão do município resolveu verificar e observou que havia possível fraude.
A empresa EQUIMED INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOS PARA LABORATÓRIOS E HOSPITAIS ME, CNPJ 16.580.422/0001-13, que tem nome parecido com o de empresa que fornece equipamentos e produtos para saúde, emitiu uma nota fiscal de número 635, que consta 279 caldeirões e panelas (incluindo inox), além de 20 peneiras de aço inox para arroz, chocolateiras, carros térmicos, dentre outros, num total pago de R$ 116.685,00 (cento e dezesseis mil, seiscentos e oitenta e cinco reais), tudo pago em processo próprio.
A acusação, afirmou ainda que o município de Ibirataia só tem uma unidade de produção na merenda escolar, onde contém apenas 07 (sete) fogões industriais e apenas 12 (doze) caldeirões de alumínio, e que mesmo na hipótese de aumento da estrutura e produção da merenda escolar em 05 (cinco) vezes, seriam utilizados apenas 35 (trinta e cinco) caldeirões, número muito inferior às 279 panelas, como consta na nota.
Ao consultar o portal do TCM/BA, não foram identificados os caldeirões, as panelas, como também os demais equipamentos, que deveriam fazer parte da relação do patrimônio do município, e deveriam estar ali publicados.
Os ilícitos supostamente praticados pela prefeita Ana Cleia dos Santos Leal, conforme a denúncia, imputam os crimes de improbidade administrativa, crime de responsabilidade e infração político administrativa com desvio de dinheiro público em proveito próprio ou alheio, que levou o denunciante a pedir a cassação da Gestora.
A Prefeita não foi encontrada na Prefeitura nem no seu antigo endereço no centro da cidade de Ibirataia, onde obtivemos informações de que ela estaria morando numa Fazenda que comprou há alguns meses, no município de Ubatã.



Bahia in loco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot