Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

terça-feira, 19 de maio de 2020

Veto de auxílio emergencial para caminhoneiros irrita categoria


Veto de auxílio emergencial para caminhoneiros irrita categoria
Foto: Reprodução / Abrava
Apontados como aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), os caminhoneiros ficaram irritados pelo veto que impede a categoria de ter direito ao auxílio emergencial. A associação que os representa, Abrava, disse que a decisão é preocupante e solicitou a realocação da verba de R$ 18 milhões do programa Roda Bem Caminhoneiro.

"Entendemos que o momento econômico é delicado, e, que infelizmente existe a possibilidade de que nem todos que necessitam recebam o auxílio emergencial. Desta maneira, a Abrava entende que a categoria dos caminhoneiros merece atenção especial e um plano que garanta a continuidade do abastecimento das famílias brasileiras e dos hospitais de todo o país", diz o texto.

Segundo informações da coluna Painel, na Folha de S. Paulo, a Abrava enviou ofícios aos ministros da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e Infraestrutura, Tarcísio Gomes. No documento, a entidade pede que destinem os R$ 18 milhões que deveriam ser aplicados em ações para incentivar a formação de cooperativas de caminhoneiros, compra de kits de testes de coronavírus para caminhoneiros e o pagamento de auxílio emergencial para caminhoneiros contaminados e pertencentes ao grupo de risco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot