Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Associação vai questionar na CVM gratificações recebidas por presidente da Petrobras

 

Associação vai questionar na CVM gratificações recebidas por presidente da Petrobras
Bolsonaro questionou salário de Castello Branco | Foto: Fabio Pozzebom/ AgBr

A Associação Brasileira de Investidores (Abradin) estuda entrar com reclamação na Comissão de Valores Monetários (CVM) para questionar o salário do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, que o presidente Jair Bolsonaro pretende substituir. 

 

As gratificações foram questionadas pelo próprio Bolsonaro ao anunciar a troca de Castello Branco pelo general Joaquim Silva e Luna. Segundo o presidente, ele fez home office na pandemia, mesmo ganhando salário de “mais de R$ 50 mil por semana”.

 

Segundo a coluna Painel S.A., do jornal Folha de S. Paulo, a gestão Castello Branco fez mudanças na política de remuneração da estatal. Com isso, foi privilegiada a bonificação de executivos em detrimento dos empregados sem cargo de chefia. Em caso de cumprimento de todas as metas estabelecidas, o presidente da companhia pode ter até 13 salários a mais em um ano.

 

Procurada pela coluna, a Petrobras afirmou que o pacote de remuneração dos diretores foi aprovado em assembleia de acionistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot