Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

terça-feira, 20 de julho de 2021

PSDB pode abrir mão de tentar o Planalto por unidade do centro, diz Bruno Araújo

 Segunda, 19 de Julho de 2021 - 22:00

PSDB pode abrir mão de tentar o Planalto por unidade do centro, diz Bruno Araújo
Foto: Divulgação

O presidente do PSDB, Bruno Araújo, disse que o PSDB ainda pode apoiar outro candidato à presidência da República em nome da unidade do centro. Questionado se sua sigla pode abrir mão da candidatura própria, afirmou que "ninguém pode querer apoio sem ter disposição de apoiar" e que os tucanos estão abertos a negociar "até o último momento das convenções".

 

Segundo o Globo, por outro lado, Araújo aposta que as prévias, marcadas para novembro, podem ajudar a impulsionar o PSDB na disputa por uma terceira via contra a polarização entre Bolsonaro e o ex-presidente Lula. Mesmo com a alta da reprovação do presidente Jair Bolsonaro em meio à CPI da Covid e denúncias de corrupção, Araújo afirma que ainda não vê condições políticas no país para um impeachment. Para Araújo, faltam a perda de apoio no Congresso e manifestações amplas nas ruas com mais diversidade política e ideológica.

 

"As pesquisas envolvem um grau de complexidade maior. Elas mostram que há uma maior parte do eleitorado brasileiro que prefere não votar nem em um, nem em outro. A maior parte dos candidatos de centro nunca foi às urnas numa eleição nacional. O ex-presidente Lula termina tendo ganhos indiretos com o crescente aumento da rejeição do presidente Bolsonaro. E nessa construção que temos um conjunto de oito ou nove partidos que dialogam sobre alternativas. E o PSDB tomou uma decisão histórica este ano. Vai promover o maior e mais democrático processo de escolha de um candidato a presidente nas prévias, o que dará legitimidade a esse candidato", comentou.

 

O presidente tucano também ressaltou que "aparentemente", a maior viabilidade está em ocupar a vaga que está hoje com o presidente Bolsonaro. Se isso acontecer, acho que esse candidato tende a ser o próximo presidente.

 

Apesar disso, Bruno comentou que o partido poderá realizar uma composição. "Ninguém pode querer um apoio sem ter disposição de apoiar. O PSDB está aberto até o último momento nas convenções de construir essa unidade no campo distante da polarização entre o presidente Bolsonaro e o ex-presidente Lula", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot