Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

domingo, 10 de março de 2019

Presidente do BB diz que curso sobre assédio fomenta guerra cultural

Presidente do BB diz que curso sobre assédio fomenta guerra cultural
Foto: Reprodução
O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, defendeu as críticas que o presidente Jair Bolsonaro fez à exigência de cursos de ética, diversidade e contra assédio sexual para que funcionários do Banco do Brasil sejam promovidos.

Novaes disse, em email encaminhado ao jornal O Globo, que conceitos como diversidade foram capturados pela esquerda radical para fins políticos e ideológicos a fim de fomentar uma "guerra cultural" que cria rivalidade entre negros e brancos, pobres e ricos, mulheres e homens, homossexuais e heterossexuais e até entre bandidos e “respeitadores da lei e da ordem”.

“A "guerra cultural" foi um tema sobejamente coberto na campanha presidencial e o povo manifestou nas urnas sua inconformidade com a utilização de conceitos politicamente corretos para fins negativos e inconfessáveis”, afirmou Novaes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot