Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, 29 de março de 2021

Encalhado há seis dias no Canal de Suez, meganavio retoma navegação

 

Encalhado há seis dias no Canal de Suez, meganavio retoma navegação
Foto: Reprodução / Twitter

Responsável por bloquear o Canal de Suez há quase uma semana, o meganavio Ever Given voltou a navegar por volta das 10h30 desta segunda-feira (29). Ele estava encalhado na principal ligação marítima entre Ásia e Europa. Segundo a agência de notícias Reuters, lá passam cerca de 12% de todo o comércio global. 

 

A Autoridade do Canal de Suez (SCA, na sigla em inglês) informou que a embarcação deve seguir para a área de espera de Bitter Lakes, onde será realizada uma inspeção técnica. 

 

A perda econômica estimada pelas empresas especializadas em comércio marítimo é de R$ 300 bilhões. Na fila, à espera de liberação do canal, estão 369 embarcações, que devem levar três dias e meio para passar do entrave. 

 

O encalhamento do meganavio Ever Given, operado pela empresa Evergreen, ocorreu na última terça-feira (23), no quilômetro 151 do canal. O que ocasionou o problema foram os ventos fortes e uma tempestade de areia. Foram 400 metros de comprimento e 220 mil toneladas atravessadas no meio do canal. 

 

O Canal de Suez foi instalado em 1869 para facilitar o trajeto entre o Mar Vermelho e o Mediterrâneo. Capaz de receber navios gigantes, de até 240 mil toneladas, o local propiciou aos navegantes não ter de dar a volta em toda a África, pelo Cabo de Boa Esperança, para ir do porto do Golfo ao de Londres. A distância por esse trajeto é o dobro do que é visto no Canal de Suez.

 

Só em 2019, foram 50 navios por dia passando pelo canal. Isso representa quase um terço do tráfego mundial de navios contêineres. A Bloomberg informou que cerca de US$ 9,6 bilhões em tráfego marítimo diário foram interrompidos pelo navio encalhado, o que, na cotação atual, dá mais de R$ 50 bilhões. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot