Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, 12 de julho de 2021

'Aqui, ninguém solta a mão de ninguém', diz Caetano sobre relação com Rui e Wagner

 Segunda, 12 de Julho de 2021 - 11:10

'Aqui, ninguém solta a mão de ninguém', diz Caetano sobre relação com Rui e Wagner
Foto: Joilson Cesar / Ag. Haack / Bahia Notícias

Recém-chegado à Secretaria de Relações Institucionais (Serin), Luiz Caetano (PT) garantiu que vem reunindo esforços para manter a cúpula petista unida com intuito de fortalecer o nome do senador Jaques Wagner como candidato do PT à disputa pelo governo da Bahia em 2022, quando se encerra o mandato de Rui Costa.

 

“Aqui ninguém solta a mão de ninguém, estou agarrado na mão de Rui e Wagner. Nosso governador lidera nosso projeto, juntamente com Wagner, e estou aqui para costurar uma boa articulação. Isso vai ajudar Wagner? Se eu fizer um trabalho bem feito, espera-se uma estrada melhor para que ele possa ser eleito governador da Bahia. Mas a ideia central é que façamos com que o governo tenha uma boa articulação institucional e política. Essa é a missão”, afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Diante deste contexto, ele sinaliza que não deve concorrer a deputado federal no próximo ano - em seu lugar, deve concorrer a sua esposa, Ivoneide Caetano (PT). “Estou chegando agora, faz um mês e pouco, não dá pra chegar em abril e sair do governo, a menos que essa seja uma vontade do governador, que espero que não seja. Não dá pra ser candidato. Obviamente que Ivoneide, minha esposa, vai ser candidata. Penso que é melhor trabalhar aqui no governo e trabalhar no projeto como um todo. Essa é a primeira vez que sou secretário, quero dar o meu melhor”, ponderou.

 

Ele, contudo, garante que não possuiria preocupação com a Justiça eleitoral, caso fosse candidato. Neste ano, ele recuperou os direitos políticos cassados em 2018, quando se elegeu deputado federal, mas acabou tendo a candidatura indeferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

“Não tenho nenhum receio. Fui condenado por um crime que eu não cometi, tanto é que consegui anular toda a condenação. Ali foi uma articulação política forte do governo municipal para me tirar das eleições de 2020. A jurisprudência do enriquecimento de terceiros caiu por terra e o próprio TSE voltou atrás da jurisprudência anterior, que foi de enriquecimento do gestor”, pontuou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot