Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

domingo, 19 de julho de 2015

Telegramas diplomáticos indicam atuação de Lula em favor da Odebrecht em Portugal e Cuba

Telegramas diplomáticos indicam atuação de Lula em favor da Odebrecht em Portugal e Cuba


Foto: Ricardo Stuckert/PR
Telegramas diplomáticos trocados entre chefes de postos brasileiros no exterior e o Ministério das Relações Exteriores, entre 2011 e 2014, indicam que a atuação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em favor do grupo Odebrecht no exterior superou a contratação para palestras, como afirmam ele e a construtora. Segundo informações do jornal O Globo, que teve acesso aos documentos liberados pela pasta por meio da Lei de Acesso à Informação, os telegramas apontam ao menos duas ocasiões nas quais Lula atuou para beneficiar a Odebrecht. Em uma delas, afirma O Globo, fez pedido expresso para que o primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, desse atenção aos interesses da companhia em um processo de privatização naquele país. Na outra situação, o petista participou de prospecção para aperfeiçoamento da matriz energética cubana relacionada a Mariel, onde a empreiteira construiu um porto com recursos do BNDES. Os documentos ainda descrevem encontros de Lula em Cuba, que de acordo com a reportagem, sempre ocorriam na companhia de altos representantes da Odebrecht. Em uma das visitas à ilha, diz O Globo, ele foi recebido no hotel pelo ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, preso durante a 14ª fase da Operação Lava Jato, no dia 19 de junho, e pelo ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, que atualmente cumpre pena em regime aberto por condenação no processo do mensalão. Lula é investigado pela Procuradoria da República do Distrito Federal por suspeita de crime de “tráfico de influência em transação comercial internacional”, cuja pena pode variar entre 2 a 5 anos de prisão, com possibilidade de aumento de 50%, se o beneficiário for estrangeiro.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot