Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Volta às aulas: Rui pede 'bom senso' a professores e defende protocolo único

 

por Jade Coelho

Volta às aulas: Rui pede 'bom senso' a professores e defende protocolo único
Foto: Gabriela Portela / Salvador FM

O cronograma montado pelo governo da Bahia para traçar o plano de retomada das aulas presenciais no estado inclui diálogo com a entidade representativa dos professores, a APLB Sindicato. Há algumas semanas Rui Oliveira, o coordenador-geral do sindicato, condicionou o retorno às aulas presenciais nas escolas à vacinação dos professores. Na ocasião ele classificou um “crime dizer que vai abrir escola” no momento vivido pelo estado em relação à pandemia da Covid-19 (lembre aqui).

 

O governador afirmou nesta segunda-feira (8) que o “bom senso tem que prevalecer”. “Não queremos medidas açodadas, vamos ter cuidados, fazer estudos, vamos buscar vacinar”, disse durante entrevista ao programa Bahia Notícias no Ar, na rádio Salvador FM 92,3.

 

Ao pregar o “bom senso”, o chefe do Executivo Estadual também argumentou que diversas categorias já retomaram o trabalho presencial. “A maioria das pessoas estão trabalhando desde ano passado. Eu, vocês, motorista ônibus, táxi, empregadas domésticas, pessoas na indústria, são poucos os segmentos que não voltaram trabalho presencial”, disse ao citar como exemplo os professores e os servidores da Justiça.

 

Rui também falou sobre a reunião com prefeitos e o plano do governo estadual de unificar o retorno das aulas com as gestões municipais. Para isso ele solicitou que os gestores façam levantamento dos trabalhadores da educação com idade acima de 55 anos para que o Executivo possa analisar quantas são e onde estão essas pessoas e assim viabilizar o plano.

 

“A segunda medida afunilar critérios que possamos adotar juntos, para fixar metas que uma vez alcançados podemos retomar”, disse.

 

Para isso foi montada uma comissão que dará início a reuniões já nesta segunda-feira para definir protocolo único nesta segunda-feira. O grupo é formado por representantes da Secretaria Estadual da Educação (SEC), da Saúde (Sesab), do Executivo, das secretarias municipais, do Judiciário e Defensoria Pública.  

 

Durante a entrevista Rui ainda comentou sobre os estados que retomaram as aulas presenciais e que tempo depois tiveram que suspender as atividades devido ao aumento nos índices da pandemia da Covid-19.

 

“Aqui na Bahia quero que a volta tem que ser para valer, sob pena da gente perder completamente a mão e organização do ano letivo”, defendeu Rui Costa ao pregar cautela e o retorno de forma coesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot