Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

quarta-feira, 10 de março de 2021

Dado diz que Bahia encarou Campinense 'vacinado' para não repetir vexame de 2020

por Leandro Aragão

Dado diz que Bahia encarou Campinense 'vacinado' para não repetir vexame de 2020
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Segundo o técnico Dado Cavalcanti, o Bahia entrou em campo no Amigão vacinado para não repetir o doloroso vexame de 2020 quando foi eliminado da Copa do Brasil na primeira fase. Apesar de sair atrás no placar, o "imunizado" Tricolor manteve as rédeas da partida e goleou o Campinense por 7 a 1 na noite desta terça-feira (9), no jogo único do confronto da primeira fase.

 

"Nós alertamos muito aos atletas que a Copa do Brasil 2020 foi algo muito doloroso para todos nós. Estava aqui no Bahia, vivi também, senti na pele nossa desclassificação. Nós viemos para o jogo muito mais vacinados, a verdade é essa. Vários jogadores fizeram parte desse confronto do ano passado, então tivemos também a lucidez de ao tomar o gol não nos aperrearmos muito. Tivemos a tranquilidade de rapidamente dar a volta por cima após o gol tomado. Lógico que o gol saiu no erro nosso. É nossa responsabilidade, minha responsabilidade buscar correção, buscar evolução. Mas saio daqui também com a consciência tranquila da maturidade que nós tivemos em campo para não repetir uma desclassificação tão dolorosa quanto foi a do ano passado", afirmou na entrevista coletiva.

 

A goleada foi construída após o Tricolor sofrer o primeiro gol e ver o Campinense abrir o placar. Dado destacou a tranquilidade e lucidez do time baiano mesmo após ficar em desvantagem no placar. Porém, ele alertou para o início ruim de partida.

 

"Quem sofre gols não é a defesa do Bahia, é o time do Bahia. Então, eu trato muito claramente de forma sistêmica. Acho que nossa equipe começou mal o jogo. O início do jogo não foi aquilo que esperávamos. Mas tivemos a lucidez e tranquilidade de ao tomar um gol, não perdermos a lucidez da partida, não perdermos as rédeas do jogo. Acho que a gente precisa começar o jogo melhor. Tivemos um pouco de dificuldade também no confronto contra o Botafogo. Porém, entendo também que nessa retomada de temporada, devemos sofrer um pouco com essa adaptação aos adversários, ao tipo de jogo um pouco diferente", analisou. "Não posso desprezar jamais o comportamento que nossa equipe teve de controle da partida. Não é qualquer time que faz sete gols no jogo, independente do adversário e das circunstâncias. Lembrando também que nós tomamos um gol, então tivemos também o mérito de termos tranquilidade, de não perdermos a cabeça no momento de dificuldade. Viramos o jogo e tivemos o controle total da partida. Tudo isso, sem sombras de dúvida, me deixa muito feliz", completou.

 

O comandante ainda elogiou o atacante Rossi. Iluminado, ele marcou três gols abrindo os caminhos para o Tricolor construir a goleada.

 

"Rossi vem passando por um momento de muita confiança e vem arriscando jogadas que tem sido decisivas. Isso é bom, porque contribui efetivamente com a nossa equipe não só com gols, mas contagia nosso time dentro de campo com ações sempre com muita energia, muita vibração. Isso é positivo demais para contagiar todo o elenco", exaltou.

 

O próximo adversário do Bahia na Copa do Brasil 2021 sairá do confronto entre Jaraguá-GO e Manaus. A partida acontece no dia 18 de março. Antes disso, o Tricolor muda o foco para a Copa do Nordeste. No sábado (13), às 16h, a equipe faz o clássico contra o Vitória, no Barradão, pela terceira rodada do torneio regional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot