Últimas Notícias

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, 2 de março de 2015

Irregularidades na Penitenciária Lemos Brito são de 2014 e já são investigadas, diz Seap

Irregularidades na Penitenciária Lemos Brito são de 2014 e já são investigadas, diz Seap


Foto: Sinspeb / Divulgação

A informação divulgada nesta segunda-feira (2), de que internos da Penitenciária Lemos Brito (PLB) tiveram privilégios em pleno cumprimento de pena, é de 2014. O superintendente da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), major Júlio César Ferreira dos Santos, confirmou que houve um churrasco no presídio e afirmou que "os presos foram identificados e transferidos para outras unidades". "Também foi aberto um procedimento disciplinar, tanto com referência à postura dos internos, bem como ao possível envolvimento de servidores. A apuração está em curso e na fase final", acrecentou Júlio César. O major disse ainda que a Vara de Execução Penal foi comunicada do fato e está acompanhando esta questão. De acordo com o superintendente, após a denúncia recente, foram realizadas vistorias na unidade prisional com o intuito de confirmar a situação, mas não foram encontrados os materiais descritos nas publicações dos meios de comunicação. 

 
   
Orgãos do garoto de cinco anos espancado pela própria mãe são doados pela família
Foto: Reprodução
A família de Adriano Henrique Jardim Ramos, de cinco anos, que foi espancado pela própria mãe, decidiu doar os órgãos do garoto, de acordo com informações da Santa Casa de Franca, no interior de São Paulo, onde estava internado. A decisão foi tomada após a polícia informar sobre a morte cerebral da vítima, na noite da última sexta-feira (27). Ontem (1º), uma equipe médica especializada em transplantes saiu da cidade de São Paulo em direção a Franca para realizar a retirada dos órgãos. Segundo a polícia, Adriano foi espancado por ter defecado na roupa e sujado os lençóis da cama. A mãe do garoto disse ter ficado irritada com a situação e acabou desferindo vários tapas contra ele e o empurrou contra a cama. Vizinhos socorreram a criança e a levaram para um posto de saúde, onde deu entrada com traumatismo craniano. Presa em flagrante por tentativa de homicídio qualificado, a mãe de Adriano foi levada para o presídio feminino de Tremembé, em São Paulo. 

 
   
Segunda, 02 de Março de 2015 - 14:00

Sucab, Derba e Instituto Mauá são extintos por decreto de Rui Costa

por Luiz Fernando Teixeira
Sucab, Derba e Instituto Mauá são extintos por decreto de Rui Costa
Foto: Jamile Amine / Bahia Notícias
O governador Rui Costa (PT) assinou o decreto que extinguiu três autarquias estaduais: a Superintendência de Construções Administrativas da Bahia (Sucab), o Instituto de Artesanato Visconde de Mauá e o Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba). De acordo com publicação no Diário Oficial do Estado deste sábado (28), as funções dos órgãos extintos, bem como "bens móveis, imóveis e de consumo, servidores, gestão de documentos arquivísticos, encerramento financeiro-contábil, incluindo os dos sistemas corporativos (...) passam a ser de responsabilidade da Secretaria da Administração - SAEB, da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte - SETRE e da Secretaria de Infraestrutura - SEINFRA". Caberá também à Seinfra, à Setre e à Saeb o pagamento referente a contas de consumo e serviços contratados, respectivamente, pelo Derba, Instituto Mauá e Sucab. Além disso, “o encerramento contábil-financeiro e os procedimentos de prestação de contas, inclusive dos convênios, da SUCAB, MAUÁ e DERBA serão realizados por Comissões constituídas no âmbito das Secretarias às quais estavam vinculadas, respectivamente, as extintas Autarquias”, de acordo com o decreto. 

 
   
Pinheiro prega mudança e diz que 'marca' do PT está 'extremamente arranhada'
Foto: Bahia Notícias
O senador Walter Pinhero (PT) analisou, em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia desta segunda-feira (2), os desafios políticos do Partido dos Trabalhadores diante do escândalo de corrupção na Petrobras e dos problemas de governabilidade no Congresso Nacional. Para Pinheiro, que está em seu quinto ano de mandato no Senado Federal, as denúncias e delações premiadas no âmbito da Operação Lava Jato, não devem atingir o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff (PT). Ele atribui a corrupção na Petrobras a pessoas que "agiam muito em seus nomes pessoais e buscando, inclusive, amealhar fortuna". Na visão do petista, faltaram instrumentos de transparência na gestão da estatal para coibir a má gestão e as práticas criminosas. Questionado as sobre denúncias de que o PT teria recebido cerca de R$ 200 milhões dos cofres do esquema de corrupção, Pinheiro é evasivo e defende mudanças no sistema de financiamento de campanhas e na postura do próprio partido. "É preciso estabelecer outro nível de processo eleitoral, o que vai ajudar a banir essas situações. O PT vai ter que refazer o seu caminho para continuar sendo um partido que busque cada vez mais a questão da gestão pública; e o PT busque resgatar algo que sempre foi a nossa marca e que hoje eu diria que está extremamente arranhada", concluiu. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot